10º encontro de Cultura Caipira do CDC Tide Setubal em São Miguel Paulista

As tradicionais festas realizadas pela Fundação Tide Setubal – o Encontro de Cultura Caipira, em sua décima edição, e a Festa Julina do Galpão, no seu sétimo ano – acontecerão nos dois primeiros fins de semana do mês de julho, na região de São Miguel Paulista. “Essa região tem pessoas de todas as localidades do Brasil, e a proposta de criação das festas era justamente promover um encontro entre as várias manifestações culturais dessas pessoas. Acreditamos que essa cultura caipira, que é muito forte no sertão e também no interior de São Paulo, cumpre esse papel”, conta Inácio Pereira dos Santos Neto, coordenador de cultura da Fundação Tide Setubal.
A construção conceitual e da programação dos festejos foi baseada no tema Um Rio Chamado Casa e uma Luta Chamada Terra, que visa aprofundar e contextualizar o debate sobre a terra. “A proposta é trabalhar uma questão que contemple tanto os espaços urbanos quanto o campo, e essa temática faz isso. Temos, na cidade, a luta por moradia e, no campo, a demanda da reforma agrária e da demarcação de terras indígenas. Além disso, a temática também traz à tona a discussão que está muito aflorada no país, que é a luta por direitos sociais”, afirma Inácio.
Um marco do Encontro de Cultura Caipira e da Festa Julina do Galpão é a quadrilha formada por profissionais, parceiros e participantes dos projetos da Fundação Tide Setubal. Nesta edição, o título da apresentação será Vozes da Terra em uma representação do encontro de vários movimentos sociais que buscam e lutam pela terra tanto no sentido físico quanto no simbólico.
“O início da quadrilha retrata a mitologia indígena, que acredita no surgimento do universo a partir de uma árvore que foi plantada, seguimos a história resgatando um tempo em que não existiam cercas, até chegarmos aos tempos atuais com a questão dos latifundiários. Um dos personagens é o Manuel das Cercas, que surge justamente para confrontar a tentativa de construir uma nação mais justa e igual para todos”, adianta o coordenador cultural.
Jongo do Quilombo do Cafundó; encontro do samba paulista, com FB Samba, e o samba de bumbo, com Sucatas Ambulantes; Coral Indígena; Roda de Capoeira, com educandos do Galpão; e atrações do Centro de Criança e Adolescente Jardim Lapenna são destaques da programação.
Confira a programação completa abaixo:
10º Encontro de Cultura Caipira
Clube da Comunidade Tide Setubal (CDC)
Dias 1°, 2 e 3 de julho
Horário: 17h às 21h
Local: Rua Mario Dallari, 170 – Jardim São Vicente – São Miguel Paulista
Informações:(11) 2956- 0091
1° de julho (sexta-feira)
A partir das 17h – Animação com o Trio Rastapé Flor de Muçambê
18h – Moda de Viola com Nego D’Água e amigos
19h – Quadrilha das Crianças do Projeto Um Passe para a Arte
20h – Cordel Cantado, com Cacá Lopes
21h – Grupo Batakerê, com o espetáculo “Girar”
2 de julho (sábado)
A partir das 17h – Animação com o Trio Rastapé Flor de Muçambê e Intervenções com Terra Livre e convidados
19h – Jabuticaqui – Ritmo e Tradição
20h – Jongo do Quilombo Cafundó
21h – Orquestra Piracicabana de Viola Caipira
3 de julho (domingo)
A partir das 17h – Animação com o Trio Rastapé Flor de Muçambê
19h – Embolada e Repente, com Peneira e Sonhador
20h – Coral Indígena Kerexu
21h – Congada Nossa Senhora do Rosário
A partir das 17h, barracas com comidas típicas, bebidas e brincadeiras. Estrão a venda no sábado artesanatos quilombola e no domingo artesanatos indígena.

7º Festa Julina do Galpão
Galpão de Cultura e Cidadania
Dias 9 e 10 de julho
Horário: 9h às 18h
Local: Rua Serra do Juruoca, 112 – Jardim Lapenna – São Miguel Paulista
Informações: (11) 2956-0091
09 de julho (sábado)
Animação com Trio Rastapé Flor de Muçambê
10h – Roda de Capoeira, com Projeto Um Passe para a Arte
11h – Apresentações das Quadrilhas do CEI Jardim Lapenna 1
13h – Quadrilhas do CEI Jardim Lapenna 1
15h – Baile da Alegria com Violeiros do IPGG José Ermírio de Moraes (antigo CRI)
16h30 – Apresentação da peça “Rapadura é doce mas não é mole”, com CCA Jardim Lapenna
17h – Grupo Batakerê, com o espetáculo “A Cara do Brasil”
18h – Quadrilha “Vozes da Terra”, da Fundação Tide Setubal e CCA Jardim Lapenna
10 de julho (domingo)
09h – Missa Caipira, na Igreja Católica Jesus Mestre
10h – Quadrilha das Crianças do Projeto Um Passe para a Arte
11h – Trio Rastapé Flor de Muçambê
13h – Apresentações das quadrilhas do CEI Jardim Lapenna
14h – FB Samba e convidados recebem Samba de Bumbo com Sucatas Ambulantes
17h – Jabuticaqui – Ritmo e Tradição
18h – Quadrilha “Vozes da Terra”, da Fundação Tide Setubal e CCA Jardim Lapenna
Todos os dias: barracas com comidas típicas, bebidas e brincadeiras. Oficinas de Crochê, com Daniela Cristina, e intervenções poéticas “Tecendo Memórias”, com o Ponto de Leitura Jardim Lapenna.

Comentários