CEJUSC DE SÃO MIGUEL PAULISTA COMEMORA TRÊS ANOS COM EXPOSIÇÃO DE GRAFITTI

                                
 

 Para comemorar três anos de existência, o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania do Foro Regional de São Miguel Paulista (Cejusc) estreou hoje a exposição Mediar é Arte, Grafitar é Arte, Arte no Cejusc, composta de diversas telas de grafitismo, criadas por grafiteiros da zona leste da Capital. Inspiradas no tema “mediação de conflitos”, as obras estão expostas em diversos espaços, como corredores e salas de espera do prédio.
        
A mostra, que permanecerá por seis meses no Cejusc, pretende aproximar a arte de rua dos espaços institucionais, como forma de inclusão social. Os grafiteiros Valdir e Rogério também participaram do projeto de mediação escolar para solução de conflitos entre estudantes, professores e diretores, implantado nas escolas da região pelo Cejusc, com apoio da Comissão da Infância e Juventude da OAB – Subseção de São Miguel Paulista. Na oportunidade, falaram aos alunos sobre o problema da pichação das escolas e de como o grafite pode ser usado de forma positiva, como manifestação artística, sem dano ao patrimônio.
        
O juiz coordenador do Cejusc, Jorge Tosta, ressaltou a importância do centro para disseminar a cultura da paz. “Nossa equipe do Cejusc é formada por pessoas capacitadas. Nas negociações realizadas aqui, atingimos cerca de 90% de acordos. É um grande sucesso para todos nós e as pessoas enxergam o Poder Judiciário com outros olhos.”
        
O Cejusc de São Miguel Paulista possui oito salas de audiências e conta com 67 conciliadores. Ali, são realizadas, em média, mil audiências/mês.
        
O evento contou com a presença dos juízes do Foro Regional de São Miguel Paulista, Paulo de Tarsso da Silva Pinto, César Augusto Fernandes, Michel Chakur Farah e Fábio Henrique Falcone Garcia; dos juízes do Foro Regional de Itaquera, Carlos Alexandre Böttcher (diretor), Kalid Hussein Hassan e Felicia Jacob Valente; do presidente da Comissão da Infância e Juventude da OAB – Subseção de São Miguel Paulista, Carlos Augusto Costa; além de promotores de Justiça, defensores públicos, servidores e público em geral.
        
Oficina de Pais e Filhos – Desde dezembro de 2014, o Cejusc de São Miguel Paulista realiza reuniões com o objetivo de ajudar pais e filhos em processo de separação, para ajudar na reorganização familiar e difundir boas práticas de convívio. Há espaço para manifestações e troca de experiências, onde são utilizados diversos materiais de apoio, como slides, vídeos e atividades lúdicas. As oficinas acontecem com a divisão entre pais e filhos em grupos específicos, voltando a se reunir no final das atividades. Ocorrem em local próximo ao fórum, cedido pela ONG Movimento de Orientação à Criança e ao Adolescente (Moca). A sexta edição aconteceu no dia 13 de junho. As reuniões ocorrem uma vez por mês, sempre aos sábados.
        Cejusc São Miguel Paulista
        Endereço: Av. Afonso Lopes de Baião, 1736 – 1º andar – sala 132
        Horário: das 10 às 17 horas

Fonte: http://www.tjsp.jus.br/Institucional/CanaisComunicacao/Noticias/Noticia.aspx?Id=27081

Comentários

  1. Oi, gostei muito de seu blog e queria saber se poderia dar uma olhada na nova postagem que fiz no meu, sobre a Fazenda de Biacica, seu blog foi de grande ajuda para mim e citei ele como fonte de minha postagem, tem algum problema nisso? Espero que possa ver a postagem e comentar sobre o que achou dela :) Aqui está o link da postagem http://verdeante.blogspot.com.br/2015/07/fazenda-da-biacica.html E queria saber também se essa exposição que está tendo, tem quadros do grafiteiro Igor Granato. Obrigada.

    ResponderExcluir

Postar um comentário