São Miguel realiza audiência pública sobre o plano diretor






No último dia 20, Subprefeituras promoveram reuniões marcadas pela participação da comunidade

 A Zona Leste deu mais uma demonstração da força popular no processo de construção de uma cidade inclusiva e sustentável, no último sábado (20/7), durante as etapas preparatórias da 4ª Conferência Municipal de Meio Ambiente. O evento será realizado de 30 de agosto a 1º de setembro deste ano, no Centro de Convenções do Anhembi, com o tema “Implementando a Política Nacional de Resíduos Sólidos no Município de São Paulo”.
Durante os encontros, promovidos simultaneamente pelas subprefeituras de São Miguel, Ermelino Matarazzo, Itaim Paulista e Penha, foram eleitos 60 delegados, entre representantes da sociedade civil, do poder público e do empresariado. Em cada reunião, os participantes acompanharam uma apresentação com dados referentes aos resíduos sólidos em seus respectivos bairros e tiveram a oportunidade de encaminhar sugestões.
Membro da OAB e delegado eleito em São Miguel, José Antônio Nunes Ferreira da Silva destacou o envolvimento da população na busca de soluções conjuntas para os problemas ambientais do município. Mais de 140 moradores compareceram à reunião.
“Acho essencial para a sociedade democrática. São Miguel tem um histórico de participação e, quando o poder público abre as portas, temos de participar mesmo”. Ainda segundo Ferreira, “com a Conferência, São Paulo dará exemplo para o país.”
Avaliação positiva
Delegado escolhido no processo de eleição em Ermelino Matarazzo, que contou com aproximadamente 50 pessoas, o gestor de Meio Ambiente, Paulo Puppi, fez uma avaliação positiva do encontro. “Minha expectativa para a conferência municipal é otimista. Pudemos realizar algumas proposições e espero que tenhamos uma gestão descentralizada, participativa e próxima da comunidade”.

No Itaim Paulista, a etapa preparatória foi prestigiada por cerca de 130 moradores, que discutiram questões como a coleta seletiva e a necessidade da redução da produção de resíduos. Em reunião com 32 moradores, a Penha elegeu oito delegados, que debateram sobre pontos viciados de descarte irregular de lixo.

Plano
O processo de discussões regionais serve como base para a Conferência, a maior já realizada em São Paulo em números e propostas encaminhadas (são 38 etapas preparatórias). Entre os objetivos do evento está a reelaboração do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, documento que organizará o planejamento da coleta, transporte, tratamento e destinação final dos resíduos no município nas próximas duas décadas. Ao todo, a Conferência terá 800 delegados.
Presente às etapas preparatórias de Ermelino Matarazzo e São Miguel, o secretário de Serviços, Simão Pedro, ressaltou a importância da parceria entre a população e o Executivo. “Esse é um tema que afeta todo mundo. Queremos deixar para a cidade um Plano feito com a participação popular. O Plano que temos atualmente é importante, mas foi feito a quatro mãos, sem discussão com a sociedade.”

Etapas temáticas
Ainda dentro da programação que antecede a Conferência, organizada pela Secretaria de Serviços, a Secretaria de Verde e Meio Ambiente e a Coordenação das Subprefeituras, a Uninove - Campus Vergueiro também sediará a etapa temática, nos próximos dias 31 e 1º de agosto, das 9h às 17h. Os debates aprofundarão o entendimento a respeito de diversos aspectos relacionados às coletas seletivas e logística reversa.



Comentários