Chuva alaga Jardim Pantanal, na zona leste de São Paulo

Regiões norte e leste foram as mais atingidas pela chuva desta quarta-feira



Nataly Costa - atualizado às 18h20


SÃO PAULO - Área emblemática do verão paulistano por já ter ficado 12 dias embaixo d'água em janeiro de 2011, o bairro do Jardim Pantanal, na zona leste de São Paulo, voltou a alagar. A chuva desta quarta-feira, 9, atingiu principalmente as regiões norte e leste da cidade, e o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) decretou estado de atenção para os bairros de São Miguel Paulista, Guaianases e Itaim Paulista.



Veja também:

Duas pessoas morreram durante temporal no RS

Duque de Caxias deve demolir 150 casas abaladas por chuva







Os córregos Itaim e do Lageado transbordaram, atingindo principalmente o Jardim Pantanal. As ruas Abacatuaja, Confluência da Forquilha, Aramaçã, Alfredo de Melo e Ambuá ficaram embaixo d'água. "As obras da Prefeitura no Jardim Romano beneficiaram apenas aquele lado. Se der outra chuva amanhã igual a de hoje, alaga tudo de novo no Jardim Pantanal", disse um dos líderes comunitários do bairro, Daniel José da Costa. Ele refere-se ao dique construído há dois anos pela gestão Gilberto Kassab (PSD), que investiu R$ 700 milhões em obras antienchente no Jardim Romano, a cerca de 1km do Jardim Pantanal.



"As medidas propostas pelo Haddad de limpeza de bueiro e de contratar estudo para analisar as áreas de enchente são muito tímidas", afirma Euclides Mendes, outro líder comunitário, morador da Rua Alfredo de Melo. "Temos um problema crônico aqui. As principais galerias cederam e têm de ser refeitas. E nosso bairro dá fundos para uma lagoa que nunca foi limpa, dá até para andar por cima dela de tanta areia e mato que tem. Então a água da chuva não percorre seu caminho natural por causa disso", afirma Mendes.



Por volta das 17h40, a chuva deu uma trégua e o CGE decretou fim do estado de atenção na cidade.


Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,chuva-alaga-jardim-pantanal-na-zona-leste-de-sao-paulo,982348,0.htm

Comentários