Operação verão no distrito do Jardim Helena e região


O Bairro de São Miguel é margeado em toda sua extensão pelo Rio Tietê, além disto, mais cinco córregos cortam o bairro vindo de outros lugares e desaguam no Tietê.

O Distrito do Jardim Helena e Jardim Romano por ser um lugar com o nível territorial mais baixo acabam recebendo uma porcentagem muito grande em volume de agua na época das chuvas.

As construções e ocupações irregulares na margem do rio ajudam a favorecer as enchentes naquele local.

A solução encontrada pela Prefeitura de São Paulo foi retirada de 330 famílias das áreas mais criticas e no local à construção de um Polder (conjunto de equipamentos interligados: Dique, Bombas e um Piscinão) uma das maiores obras já realizadas na capital para solucionar as enchentes no Jardim Romano e região.

Ontem o prefeito de São Paulo Gilberto Kassab e o secretario das subprefeituras Ronaldo Camargo visitaram o Jardim Romano para conferir o trabalho inicial da Operação Verão, que contem diversas medidas para se antecipar a estação das aguas, que acontece nos mês de dezembro, janeiro e fevereiro com final previsto em março.

Acompanhe em fotos com era e como ficou o local da maior catástrofe do bairro de São Miguel no ano de 2009.

Foto - Em 2009, famílias sofreram com a enchente no Jardim Romano por quase três meses.
Foto - Local onde foi construído o Polder para conter as enchentes, era um verdadeiro pântano, casas ficam completamente isoladas.
Foto - Local hoje abriga o Polder com um dique, outra realidade.
Foto - Prefeito Kassab e o secretario Ronaldo Camargo vistoriam limpeza do Polder no Jardim Romano ao fundo o prédio do Ceu Três Pontes que ficou isolado com as águas.


Por Gilberto Travesso

Comentários