Era Uma Vez: Balão Mágico

FAMOSIDADES

Por WALLACE CARVALHO

RIO DE JANEIRO - Houve uma época - onde nem Justin Bieber, nem a galera do Restart tinham nascidos ainda - que as crianças mal sabiam o que era hip hop e que gostar de rock era coisa de adulto. Pois é, caro leitor, na década de 80, muito antes de Xuxa se tornar “Rainha dos Baixinhos”, quem fazia a alegria da garotada era a Turma do Balão Mágico, trio formado por Simony, Tob e Mike.

Reprodução/TV Globo

Reprodução/TV Globo

Com o sucesso do grupo infantil, lançado pela gravadora CBS, a TV Globo convidou Simony para estrelar o programa "Balão Mágico" nas manhãs de segunda a sexta-feira da emissora. Para ajudar a cantora, que na época tinha apenas seis anos, a direção do canal encomendou um personagem ao ator Orival Pessini. “No final de 1982, o Boni [diretor da Rede Globo] pediu para eu criar um personagem infantil. Eu tinha total liberdade, o que eu criasse iria pro ar. Era uma tremenda responsabilidade e pensei em várias possibilidades: palhaço, urso, cachorro, extraterrestre, porquinho. Na dúvida, misturei tudo isso e nasceu o Fofão”, contou ao Famosidades. (Confira a abertura do segundo ano do programa no Facebook do Famosidades)

Com cerca de uma hora de duração, a atração - gravada nos estúdios da Globo em São Paulo – misturava números musicais, desenhos e promovia diversos sorteios. Poucos meses após a estreia, o diretor Nilton Travesso passou a fazer parte da equipe que fez algumas mudanças na estrutura da atração e convidou Tob e Mike para se juntarem a Simony na TV. O sucesso junto ao público fez com que a produção ganhasse mais meia hora e passasse a ser exibido também aos sábados. (Confira cenas do programa no Facebook do Famosidades)

Reprodução

Reprodução

Comentários